sábado, 23 de março de 2013

Há Poesia na Escola? - Concurso Biblioteca Municipal

Mais uma vez o Agrupamento participou neste Concurso. Os poemas criados pelos alunos neste âmbito estão compilados num livro digital que está partilhado no separador leituras deste blogue. A Ana Beatriz do 3º ano da EB1 de Vil de Matos foi a vencedora do 2º Prémio. Parabéns Beatriz!

sexta-feira, 15 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

O poema de hoje, para terminar estas duas semanas poéticas!


Poesia
Ai deixa, deixa lá que a Poesia
No perfume das flores, no quebrar
das ondas pela praia,
na alegria
das crianças que se riem sem porquê
- deixa lá que se exprima, a Poesia.
 
Sebastião da Gama, Palavras de Cristal

Peddy Paper da Leitura - Ler nas estrelas

.:: Fotos

quinta-feira, 14 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

O poema de hoje:


faz de conta
 
- Faz de conta que sou abelha.
- Eu serei a flor mais bela.

- Faz de conta que sou cardo.
- Eu serei somente orvalho.
 
- Faz de conta que sou potro.
- Eu serei sombra em agosto.
 
- Faz de conta que sou choupo.
- Eu serei pássaro louco.
 
Pássaro voando e voando
sobre ti vezes sem conta.
 
- Faz de conta, faz de conta.
 
Eugénio de Andrade
(selecionado por JI se Souselas)

Encontro+ com Alice Vieira na Biblioteca Municipal

.:: Fotos

quarta-feira, 13 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia

O poema de hoje, em dia que não choveu! :)

Espanto

Uma gota de chuva
suspensa de um telhado.

Dá-lhe o sol e parece
pequena maravilha.

É um berlinde, dizem
crianças entre si.

É uma bola, e bela,
mas não rebola, brilha!

É a lua? Uma bolha
de sabão de brincar ?

Um balão ? Um brilhante
de uma estrela vaidosa ?

Diz a velhinha olhando:
Quem chorou esta lágrima ?

Uma gota de chuva
suspensa de um telhado:

Chegou uma andorinha
engoliu-a e voou.

Maria Alberta Menéres (seleccionada por JI de Eiras)

terça-feira, 12 de março de 2013

Ilustrador Rui Castro no nosso Agrupamento

No passado dia 5 de março, o ilustrador Rui Castro esteve no nosso agrupamento. Eis o relato das crianças do JI do Ingote:

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

Aqui fica o poema de hoje...

Ou Isto ou Aquilo

Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo...
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

Cecília Meireles (selecionado por JI de Larçã)

segunda-feira, 11 de março de 2013

Saúde Oral nas Bibliotecas Escolares

No âmbito do projeto SOBE (Saúde Oral nas Bibliotecas Escolares), e do PES (Projeto de Promoção e Educação para a Saúde em Meio Escolar), foi estabelecido um protocolo com uma clinica dentária da região onde o Agrupamento se insere e foram realizadas sessões de sensibilização de higiene oral e rastreio gratuitos para toda a comunidade educativa.

.:: Fotos

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

Hoje temos um novo poema:


As quatro estações

Aprendi os cheiros
Do alecrim e da hera
E ao azul do céu
Chamei Primavera

Encontrei um fruto
Na concha da mão
E à sede da água
Dei um nome: Verão

Descobri o sol
Com olhos de sono
À tristeza das folhas
Dei o nome e Outono

Aprendi os modos
Do bicho mais terno:
UM cão de peluche
Com o frio do Inverno

Juntei as estações
Com pés de magia
E à soma das quatro
Chamei poesia!

José Jorge Letria (selcionado por JI de Vil de Matos)

sexta-feira, 8 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

O poema de hoje, mesmo a propósito da chuva que teimou em cair durante a noite e parte do dia :)

A canção da chuva

A chuva quando cai
faz uma canção
que faz cantar
o coração de todos os meninos.
Se tu não gostas da chuva
é porque não ouviste cantar.
A chuva quando cai
Ping ping Ping Ping Ping
dá de beber às flores,
lava as asas às borboletas
e torna mais brancas as pedras da calçada.
Não queiras prender
Um pingo de chuva na tua mão.
Assim ele já não faz
Ping Ping Ping
E a chuva zangada
Não te ensina a sua canção:
Ping Ping Ping Ping.

Raquel Delgado (selecionado por JI de Brasfemes)

quinta-feira, 7 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

A seleção de hoje:
A menina azul
A menina azul
é fresca como um azulejo
e tem lagos nos olhos.

A menina azul
é a fada
que pintou o céu.

A menina azul
é a água-marinha
dum anel.

A menina azul
quando se zanga
fica azul escura
e quando ri
tão clara
como um regato.

A menina azul
tem sonhos azuis
como peixes ondulantes.

A menina azul
tem sangue azul
como tinta de escrever.

A menina azul
é uma princesa de tule
que dança os tons
do azul, azul, azul...

Luísa Ducla Soares- (selecionado por JI Torre de Vilela)

quarta-feira, 6 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia...

O poema de hoje:


A poesia

A poesia será            
O que sente o coração,
Sendo grande ou pequena
Rimando ela ou não?

A poesia estará
Naquilo que queres dizer
Se tens alguém para escutar?

Se assim for…
Que bom que é!
Podes na tua escolinha
Com a poesia brincar:
Fazendo um jogo poético
Por todos participado, descobrindo que cada um
Tem dentro, sem dar por isso,
Um poetinha … guardado!

Lourdes Custódio- (selecionado por JI De Santa Apolónia)

terça-feira, 5 de março de 2013

Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia



PÁSCOA - PRIMAVERA

A Natureza espera
que chegue a Primavera
para se encher de cor.

Os alegres passarinhos
constroem os seus ninhos
nas árvores em flor.

As andorinhas em bando
as crianças cantando,
brilha a luz do dia …

E há sinos a tocar
para anunciar
- É Páscoa ! Alegria !
                      
                        Fátima Lima- (Selecionado por JI Ingote)

Escrita com as animadoras

.:: Fotos

segunda-feira, 4 de março de 2013

Semana da Leitura 2013

.:: Semana da Leitura 2013
A(s) semana(s) da leitura decorre de 1 a 15 de março.

Um Poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia!


Para comemorar as Semanas da Leitura e da Poesia no nosso Agrupamento (de 4 a 15 de março), os jardins de infância iniciam hoje a atividade "Um poema por dia, nem sabe o bem que lhe fazia!", atividade inserida no "Dar Poesia a Coimbra"
Assim, todos os dias será lido e trabalhado um poema em todos os nossos jardins de infância. Em casa, os pais, encarregados de educação  e outros familiares podem acompanhar este trabalho e partilhar também este prazer que é ler/ouvir um poema.
Todos os dias aqui deixaremos um poema diferente, selecionado pelos diferentes jardins de infância. Começamos por este belíssimo leilão.
Leilão de Jardim


Quem me compra um jardim com flores?
Borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?

Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?

Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?

(Este é o meu leilão.)

Cecília Meireles – (seleccionado por JI de Trouxemil)