segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Oficinas de Leitura por Sónia Gonçalves

Aqui fica o registo da mediação de leitura pela Sónia Gonçalves, que foi uma autêntica delícia para quem não "resiste" a ler nem a ensinar a ler!






Autora do Mês de Dezembro: Madalena Santos (continuação)


Calendarização dos encontros com a escritora do mês no dia 2 de Dezembro de 2010

Calendarização

02. 12. 2010

Turmas

12.30 – 13.30

8.º C – EA – Prof. Anabela

8.º D – AP – Prof. Cidália

9.º A – LP – Prof. Sílvia

9.º B – EA – Prof. Isabel C.B.

9.º C – Mat. (EA) – Prof. Júlia

15.00 – 16.00

8.º A – EV – Prof. Rui

8.º B - EMRC – Prof. Carla

9.º D – Mat. – Prof. João Aleixo

16.30 – 17.30

Conversas ao Fim de tarde

CONVERSAS AO FIM DA TARDE

“Voluntariado: realizar e realizar-se


no âmbito da Comemoração do Ano Europeu do Voluntariado - 2011

Com:

Madalena Nogueira Santos

Escritora – Jovem talento


Dia 2 de Dezembro de 2010

pelas 16h 30

SALA B6

(inscrições na Sala de Professores)

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Feira do Livro



Durante o mês de Dezembro irá decorrer uma Feira do Livro em várias escolas do agrupamento:

EBRSI

EB1 Eiras

EB1/JI Trouxemil

EB1 Brasfemes

EB1/JI Torre de Vilela

EB1 Lordemão

EB1 Vil de Matos

EB 1 Marmeleira

A empresa que fornece os livros é a Leya.

Boas compras, boas leituras!

Autora do Mês de Dezembro: Madalena Santos


Madalena Santos é a autora do mês de Dezembro do nosso Agrupamento.

Se ainda não a conhecem, leiam esta entrevista e o seu curriculum e vejam

como vale a pena conhecer esta jovem escritora!



Aqui estão as sinopses de algumas obras da autora, para "aguçar"

o apetite pela leitura!


O Dé­cimo Ter­ceiro Poder inicia

uma saga de quatro ro­mances

his­tó­ricos/fan­tás­ticos que ex­plora

um mundo ima­gi­nado – as Terras

de Corza – ca­rac­te­ri­zado por

ele­mentos do quo­ti­diano de

di­fe­rentes épocas, à luz da His­tória

da Eu­ropa Me­ri­di­onal me­di­e­va­lesca.

Ne­ferlöen é uma jovem don­zela,
filha adop­tiva do R
ei de Le­vi­onda,
que, face a um ini­migo sem rosto,
vê-se su­bi­ta­mente
pro­mo­vida a
re­pre­sen­tante do seu tutor nas
terras do sul do Reino. Se nunca
deixar a sua fa­ceta fe­mi­nina,
afirma-​se uma di­plo­mata num mundo de ho­m
ens e uma au­tên­tica
guer­reira de es­pada em riste. Con­segue, com a sua pe­rícia,
con­ci­liar as am­bi­ções dos
vá­rios tronos das Terras de Corza e o seu
des­tino será de­fi­nido pelo se­gredo da
sua pa­ter­ni­dade.



Eiron, so­brinho do conde de Am­broc,
luta para se li­
vrar das ma­ni­pu­la­ções que
ex­pe­ri­men­ tara até à morte do seu tio.
Porém, o jogo de in­fluên­cias não ter­mina
pe­rante o lugar vago no trono e, sem se
con­formar, é exi­lado. Longe dos ten­tá­culos
dos cons­pi­ra­dores, pro
­voca uma au­tên­tica
guerra civil para re­velar o se­gredo he­di­ondo

do re­gi­cídio. Con­tudo, não será capaz de se
de­sem­ba­raçar do le­gado san­grento das suas raízes…








O novo ho­ri­zonte de­cora uma época de
mu­dança; os pri­meiros au­to­mó­veis
pas­seiam-​se em ci­dades de cha­minés

fu­me­gantes, que gritam por mais re­cursos,
para um maior pro­gresso. Pela pri­meira vez,
as Terras de Corza galgam as suas fron­teiras,
nessa busca fre­né­tica, cru­zando-​se com os
povos do Sul, que, ainda amando a na­tu­reza
virgem, er­guem de­fesas de­ses­pe­radas.
Ty­rawen, filha de um De­pu­tado, faz parte da
vaga de ex­plo­ra­dores, mas, quando menos
es­pera, a ex­pe­ri­ência de um rapto al­tera-​lhe
o rumo: uma pro­messa por cum­prir fá-la
en­tregar-​se ao mis­ti­cismo das tribos, que a
con­verte na re­pre­sen­tação de uma di­vin­dade.
As Terras d
e Corza pre­tendem des­cre­di­bi­lizá-​la;
mas serão ca­pazes d
e negar a força das
crenças pri­mi­tivas? O fu­turo irá traçar-​se
res­pei­tando os mais an­tigos ou der­ru­bando uma ci­vi­li­zação…



Numa era primitiva e violenta, onde
povos rudes são vi­zi­nhos de cidades
em franca ascensão,
os clãs da Re­gião
de Unar tentam
concentrar as suas forças
no Primeiro Rei.

Um bando de amigos que vive na orla

dos Pân­tanos de Unar desde cedo se vê

por­tador de um des­tino re­cheado de vi­tó­rias

e glória eterna.

Após uma longa cam­panha de duras

pro­va­ções, um deles, Tel­dius, é co­roado

e inicia uma longa fase de con­quistas. Porém, os ini­migos são muitos e

di­ver­si­fi­cados e, no Sul, as Ci­dades re­velam-​se prós­peras, evo­luídas e

ha­bi­tadas por ad­ver­sá­rios su­pe­ri­ores.

As trai­ções al­teram o ca­minho dos Guer­reiros de Unar e, no meio de
tantos ho­mens cujo ânimo se ba­seia na fe­ro­ci­dade dos lí­deres, Corza
eleva-​​se até os ini­migos te­merem o seu nome. A odis­seia pros­segue
até aos reinos lon­gín­quos, onde
ce­ná­rios co­lo­ridos e exó­ticos os es­peram
para in­trigas entre po­de­rosos que ma­ni­pulam co­roas e de­finem o fu­turo
a seu bel-​prazer.”



Comentários na Web:


«É espantoso ver alguém tão jovem aventurar-se desta forma pelo

mundo da escrita e com sucesso. Parabéns Madalena e façam o favor de ler!»

Fernando Moreira de Sá